Loading…

Sign up or log in to bookmark your favorites and sync them to your phone or calendar.

Português [clear filter]
Wednesday, November 18
 

09:00 -03

Application Requirements for Deaf Students to use in Inclusive Classrooms
The goal was to search for an alternative to mediate communication between people who are Deaf or Hard of Hearing (D/HH) and hearing individuals, in which the major motivation was to provide empowerment for D/HH students, using technology to provide them with more autonomy in inclusive classrooms. With that in mind, a systematic literature review was conducted to elucidate requirements for a mobile application that includes a Speech-To-Text (STT) system, as well as an opinion research accomplished with D/HH participants to know potential users' priorities among the elucidated requirements. As a result, the preference to communicate in Libras (Brazilian Sing Language) prevails, although users consider important to use a mobile application as the one proposed.


Wednesday November 18, 2015 09:00 - 09:50 -03
Aula 4.4.0 Rondeau 165

09:00 -03

Design Sprint na prática
Lições aprendidas do uso a metodologia do Google para startups em uma empresa de grande porte. This session will be held in English.

Speakers
MM

matina moreira

service designer/UX, Itau Unibanco


Wednesday November 18, 2015 09:00 - 09:50 -03
Aula 6.4 Rondeau 165

09:55 -03

Samsung Ultrasound Experience: Processo e Resultados de Solução Multiplataforma para Mercado Médico
Esse artigo expõe o processo de pesquisa, concepção, validação e resultados de uma solução multiplataforma focada no mercado médico. A solução foi baseada no desafio de gerar para os equipamentos médicos de ultrassom Samsung um diferencial de mercado capaz de gerar vendas e tendo como premissa conectar um grupo variado de equipamentos e devices (smartphone, smartwatch, tablet, notebook, SmartTV, ar-condicionado, câmeras e o equipamento de ultrassom propriamente dito). Assim descreveremos os métodos utilizados e os resultados em números de vendas já gerados pelo fato de o projeto ser desenvolvido com foco em necessidades de usuários.

Speakers
avatar for Viviane  Delvequio

Viviane Delvequio

UX Specialist, Samsung Eletronics
I'm an UX Designer with development background, graphic design skills and passion for people. I am graduated at Technology Information by Unicamp and post-graduated at Interaction Design by Faber Ludens. I worked at Eldorado Research Institute in Campinas for 9 years, in projects... Read More →
AS

alexandre silveira

Creative Director, Advertising Agencies


Wednesday November 18, 2015 09:55 - 10:45 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

10:25 -03

ilegra MoveLab - prototipação em foco em uma empresa de T.i
Prototipar é um processo vivo de aprendizagem, onde pode-se alterar o projeto e testar novas abordagens em tempo real. Resumindo, é o meio mais rápido de testar uma ideia. A etapa de prototipação serve para testar ideias com pessoas que trarão respostas para os dilemas de projeto, tornar ideias tangíveis, ajudar a tomar decisões refinando as ideias. Em comparação a um piloto, é um processo de baixo custo e pode ser feito dentro de um prazo menor. 
No entanto, a principal função do protótipo é a capacidade de testar a solução proposta após um processo de metaprojeto e concepção de conceito e estrutura que gera o produto final. Nós da ilegra, uma empresa global de TI e negócios que vem atuando em projetos com cenários muito diversificados, percebemos a necessidade de desenvolvermos um campo de prototipação rápida, visando atender nossas necessidades internas e entregas para clientes. 
Foram estudados cases que envolvem diferentes ambientes e formas de prototipar ideias e, cruzando com as características da ilegra, concluímos que nosso conceito deveria compreender pontos como interação, acessibilidade e um ambiente orgânico, o que resultou em um conceito de prototipagem modular, tendo como base o portfólio da ilegra (da ideia à prática). 
Nosso meio para prototipar - ainda em processo de tangibilização - foi denominado ilegramovelab, uma estrutura sobre rodas e com dimensões para que possa caber em espaços pequenos. O conceito é inspirado no formato de uma geladeira, feita de papelão especial, com um projeto exclusivo. A ideia é que os colaboradores possam pegar os “ingredientes” (toolkits/materiais/objetos) que precisarem de acordo com o que for necessário para cada projeto para pensar, criar e prototipar. Paralelo à isso, serão desenvolvidas atividades especiais para incentivar o potencial criativo dos colaboradores e incentivar a prática da prototipagem em todas as áreas da empresa.

Speakers
avatar for André Guths

André Guths

Designer, ilegra
avatar for Eduardo Luiz Vieira

Eduardo Luiz Vieira

Designer, ilegra
Bacharel em Design (com ênfase em Design Estratégico), e pós-graduado em Inovação e Gestão Estratégica. Líder da equipe de Design na ilegra de Porto Alegre, trabalhando com Metaprojeto, aplicando métodos de Design Thinking/Estratégico e outras práticas de ideação em projetos... Read More →


Wednesday November 18, 2015 10:25 - 10:45 -03
Aula 6.4 Rondeau 165

11:15 -03

A comunicação como uma ferramenta de UX
Uma página responsável pela exibição de faturas é uma área sensível para qualquer empresa. Excesso de dúvidas pode acarretar problemas como atrasos nos pagamentos, inadimplência por esquecimento, falta de confiança dos clientes, reclamações e exposição negativa da marca da empresa, aumento de insatisfação dos usuários, entre outros. Na Locaweb verificamos reflexos de todos estes problemas, que contribuíram também para uma queda no índice de NPS dos produtos. 

O objetivo do projeto foi facilitar a comunicação com o cliente para sanar os problemas acima. Afinal, saber sobre um débito, compreendê-lo e efetuar seu pagamento são momentos importantes na experiência de uso de um serviço pago e, com certeza, influenciam diretamente na percepção de valor dos usuários com relação à qualidade do serviço prestado. 

Na Locaweb as faturas são exibidas dentro de uma área logada chamada Central do Cliente. Ao acessar a Central, nossos mais de 260.000 usuários precisam saber que estão devendo, ver as opções disponíveis para resolver a situação e ter confiança na interface para efetuar o pagamento via cartão ou solicitar um boleto. Tudo isso, com autonomia e seguindo as instruções do painel. 

Durante 4 meses a equipe de UX, que contou pela primeira vez com um redator dedicado, 
trabalhou na área de faturas tendo como foco principal a criação de um novo padrão de comunicação, com uma linguagem mais objetiva e amigável entre usuários e painel. Foi definido um novo tom de voz para mensagens, e-mails, ajuda contextual, feedbacks, além da criação de novos fluxos e páginas. 

Na apresentação vamos mostrar como o projeto reduziu de 30% para 9% o índice de atraso nos pagamentos por esquecimento logo nos 3 primeiros meses de implantação. Além disso, vamos mostrar quais métodos e processos de trabalho utilizamos, as restrições existentes para a reformulação, o planejamento envolvido para não impactar negativamente nossos clientes e também como foi ter pela primeira vez um redator na equipe de UX.

Speakers
avatar for Murilo Bispo

Murilo Bispo

User Experience Designer, Locaweb
avatar for Iolanda Marteloti

Iolanda Marteloti

User Experience Designer, Locaweb


Wednesday November 18, 2015 11:15 - 11:35 -03
Aula 4.4.1 Rondeau 165

11:15 -03

Mudança de experiência digital de uma rede hoteleira - Conceito Bourbon BB2.0CC
O design é visual, teórico, experiencial. O design é centrado no usuário. Tendo estes conceitos em mente, nesta apresentação será exibido o case de projeto da empresa ilegra, empresa global de TI e negócios, tendo a Rede Bourbon Hotéis & Resorts como cliente. A rede conta com empreendimentos em importantes destinos do Brasil, Argentina e Paraguai. O objetivo inicial era otimizar a plataforma web já existente para gerar mais vendas diretas através de um site mais interativo e de fácil navegação para o cliente dos hotéis, melhorando também o sistema de gerenciamento do portal. Ou seja, melhorar a experiência digital do hotel. 
Após muita pesquisa, investigação, visitas in-loco, interação com hóspedes e equipe dos hotéis, e um workshop de ideação, percebeu-se a necessidade de ampliar o briefing. Nossa visão de projeto vai sempre além do briefing do cliente. Todo trabalho passa por uma análise e reproposta - o contra briefing. O problema de projeto já passava da esfera digital. Muito mais que um novo layout para o site, as pesquisas mostraram que a Rede Bourbon Hotéis & Resorts precisava de uma plataforma que envolvesse os clientes e transmitisse a experiência que os mesmos iriam vivenciar. Além de um novo site foi identificada a necessidade de reforçar diferentes pontos de contato, o que veio a garantir que o discurso feito no site seja reforçado por toda a vivência que o hóspede venha a ter. A experiência online diferenciada do consumidor, apresenta outros serviços e produtos para compor uma experiência digital, desde o momento da reserva e incluindo a estadia do hóspede. O novo site da Rede Bourbon proporciona uma experiência interativa, na qual o cliente pode conhecer os hotéis de acordo com suas escolhas e a motivação da viagem. 
Todo o desenvolvimento e resultado transformou-se em recordes de reservas online. Ao todo, foram contabilizados 325mil acessos durante os primeiros três meses do novo portal no ar que, em capacidade, lotaria quatro estádios do Maracanã lotados. 

Speakers
avatar for André Guths

André Guths

Designer, ilegra
avatar for Eduardo Luiz Vieira

Eduardo Luiz Vieira

Designer, ilegra
Bacharel em Design (com ênfase em Design Estratégico), e pós-graduado em Inovação e Gestão Estratégica. Líder da equipe de Design na ilegra de Porto Alegre, trabalhando com Metaprojeto, aplicando métodos de Design Thinking/Estratégico e outras práticas de ideação em projetos... Read More →


Wednesday November 18, 2015 11:15 - 12:05 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

12:10 -03

Interaction Design in tech companies: the long way to the top
This talk will be presented in Portuguese (PT-BR), but I strongly reccomend you english-speakers and hispanohablantes to watch it, since my slides will be translated to English (EN) with abundant use of images.

Information Technology (IT) organizations are already aware of important things like usability, focusing on customer needs when building products, making them pleasurable and so on. The age of one-way, take-it-or-leave-it applications has come to an end. 

But how we might integrate the mindset and the practice of Interaction Design (IxD) in tech companies, that's something we cannot take for granted. I haven't seen this manual yet -- nor even created it (sorry if you expect to see this). 

There is a path we must go through to fully integrate the discipline of design in this context. Design management is here to serve this purpose. 

This presentation will give you clues on how people are dealing with it "into the wild". Stories of designers struggling to persuade bosses and workmates. Managers trying to understand the value of design. Developers learning new skills. Quite a journey!

Speakers
avatar for Thiago Esser

Thiago Esser

UX Design Consultant, Wildtech
UX/Interaction Design Consultant at Wildtech (www.wildtech.com.br). Co-creator of UXConfBR, a brazilian conference. Author of two e-books: "Design for User Experience: someone is doing this for you" and "Design Management in IT companies," the first one having already surpassed... Read More →


Wednesday November 18, 2015 12:10 - 12:30 -03
Aula 4.4.0 Rondeau 165

12:40 -03

Quadrilátero da boa Experiência do Usuário
Falaremos sobre um modelo não hierárquico para aperfeiçoar UX de um projeto. Não são passos ou etapas, mas peças que se encaixam e se comunicam. Advém de uma revisão sistemática de literatura e estudos de caso. Considerando diversas propostas, princípios, critérios, leis e outros para construir uma visão concisa sobre o assunto.
O resultado não é um novo modelo, nem fórmula, mas um conjunto de vertentes do projeto. Partes não simplesmente do projeto, mas do resultado.
Pode-se considerar duas metáforas para a proposta: 1) Um quebra-cabeça com peças que se encaixam, tendo cada uma delas a mesma importância pois o objetivo é o resultado final, diferenciando-se apenas no esforço para encaixar; e 2) Uma casa que necessita de suas paredes, se considerarmos um projeto simples poderíamos imaginar uma casa simples e suas quatro paredes que são o necessário para mantê-la, e nada impede que essa planta possa ser expandida.

Sendo assim, propõe-se quatro componentes de uma boa experiência do usuário: 1) Apresentação: Boa aparência agradável, coerente, consistente e objetiva, com uma anatomia concisa; 2) Controle: Entregar ao usuário pleno controle, precisão nas tarefas, domínio dos recursos e uma navegação coerente e flexível; 3) Comunicação: Fornecer bilateralidade, com feedback, gestão dos erros e intuitividade; 4) Essencialidade: Foco na necessidade do usuário, conhecendo e priorizando tais necessidades.
A relevância da proposta está em garantir ao profissional que unindo estas peças proporcionará uma boa experiência ao usuário.

Sendo assim, é importante conhecer as peças e encaixá-las. Pois, encaixar tais peças é exatamente o que faz uma boa experiência.

Speakers

Wednesday November 18, 2015 12:40 - 13:00 -03
Aula 4.4.0 Rondeau 165

15:00 -03

Da ideia à prática - Workshop de tangibilização de conceitos
Limited Capacity seats available
This is a free workshop
You need to get a free ticket as seating availability is limited. Please proceed to the following link to secure your place.

Get your ticket for this workshop here
 
O design é mutável, transforma-se conforme o mundo ao seu redor, sendo a sucessão constante de novos começos. Projetar em design significa considerar o objetivo, levando em conta as necessidades do usuário e todo o impacto gerado por esse produto/ serviço. 
Para desenvolver um projeto de sucesso nos baseamos em metodologias que suportam a ideia e para tal, utilizamos o Design Estratégico como meio. O Design Estratégico é uma atividade que envolve sistema-produto; o corpo integrado de produtos, serviços e estratégias de comunicação que tanto um ator quanto uma rede de atores (sejam eles companhias, instituições ou organizações que não visam ao lucro) projetam e desenvolvem buscando obter uma série de resultados estratégicos específicos (MERONI, 2008, p.1). 
A ilegra, empresa global de TI e negócios possui uma abordagem baseada em pensar antes e além do software para assim conduzir seus clientes a inovar. A empresa tem experiência no desenvolvimento e condução de workshops co-criados com clientes e usuários finais. Desta forma, incentiva não só a geração de insights para uma determinada problemática, como também a culturalização de métodos para futuros projetos da empresa que é trabalhada. 
Utilizando tal conceito, este workshop irá abordar todas as etapas do processo de ideação e concepção de um projeto, pensando também na experiência gerada, tratando de teoria com a metodologia, suas etapas e ferramentas, além da prática que envolve a prototipagem e os testes, fases desenvolvidas com o grupo presente no workshop que será provocado com um problema apresentado pelos facilitadores. Passando por todas etapas de um processo de criação de novas ideias dentro das 4 horas de oficina proposta.

Get your ticket for this workshop here 

Speakers
avatar for Eduardo Luiz Vieira

Eduardo Luiz Vieira

Designer, ilegra
Bacharel em Design (com ênfase em Design Estratégico), e pós-graduado em Inovação e Gestão Estratégica. Líder da equipe de Design na ilegra de Porto Alegre, trabalhando com Metaprojeto, aplicando métodos de Design Thinking/Estratégico e outras práticas de ideação em projetos... Read More →


Wednesday November 18, 2015 15:00 - 19:00 -03
Aula 6.2 Rondeau 165

15:55 -03

Design as the art of materializing business decisions
This talk will be presented in Portuguese (PT-BR), but I strongly reccomend you english-speakers and hispanohablantes to watch it, since my slides will be translated to English (EN) with abundant use of images.

"Is this a business or a design decision?" One might think of both as separate fields, given how decisions are made in a daily basis, the business analyst (or equivalent) usually being the one responsible for defining how a company will create value to its clients. 

As an interaction designer, how can I materialize these decisions in the form of interfaces, navigations or product mechanics? Will I have to compromise on design principles? What is the cost-benefit relation? Can we cocreate ideas with "business people" from scratch? 

In this talk, I'll show cases where both design and business have merged almost becoming indistinguishable.

Speakers
avatar for Thiago Esser

Thiago Esser

UX Design Consultant, Wildtech
UX/Interaction Design Consultant at Wildtech (www.wildtech.com.br). Co-creator of UXConfBR, a brazilian conference. Author of two e-books: "Design for User Experience: someone is doing this for you" and "Design Management in IT companies," the first one having already surpassed... Read More →


Wednesday November 18, 2015 15:55 - 16:15 -03
Aula 2.4 Rondeau 165
 
Thursday, November 19
 

09:00 -03

Recomendação de conteúdo no novo site do jornal O Globo: métricas e melhora no engajamento dos usuários
No estudo de caso a seguir são apresentadas métricas do comportamento dos usuários que acessam o site do jornal O Globo a partir de páginas de matérias como landing pages, vindo de fontes externas (redes sociais, buscadores e links externos). Nesse contexto, serão comparadas duas versões de página de matéria (uma versão anterior e uma nova versão lançada em maio de 2015), com ênfase nos elementos de recomendação de conteúdo. A seguir, as modificações ocorridas nesses elementos serão relacionadas aos resultados de melhora consistente nas métricas comportamentais.

Speakers
avatar for Augusto Lohmann

Augusto Lohmann

UX Specialist, Infoglobo
avatar for Gilberto Prujansky

Gilberto Prujansky

UX Architect / Product Designer, Obvioux
UXQuantum CognitionDesign t̶h̶i̶n̶k̶i̶n̶g̶ Doing!


Thursday November 19, 2015 09:00 - 09:50 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

09:55 -03

UX Startup Starter: Concepção de um framework para auxiliar na definição de métodos de pesquisas
Jovens empresas inovadoras como startups frequentemente encontram-se em contextos sujeitos a constantes mudanças e redirecionamentos até que se valide e encontre o nicho certo que as levará ao sucesso. O trabalho apresentado no presente artigo consiste em propor uma solução que facilite a definição dos métodos de pesquisa com usuários a serem aplicados em realidades características de projetos de startups. Neste cenário conta-se com profissionais multidisciplinares, não necessariamente especialistas em pesquisas e geralmente com pouco tempo ou recurso para que se aprofunde no assunto. 
Para a concepção de um framework que pudesse contribuir com esse tipo de projeto dividiu-se o trabalho em duas fases: a primeira sendo validação da ideia e levantamento da necessidade do público alvo da solução e a segunda sendo a construção do framework. Na fase de validação foram aplicados questionários com potenciais usuários para entender suas necessidades e interesse, seguido de entrevistas com objetivo de aprofundar essas informações coletadas. No momento seguinte foram feitos bechmarks e entrevistas com especialistas do mercado para definição da lógica de funcionamento do framework. 
O resultado final foi a proposta de uma ferramenta que por meio do levantamentos de inputs do contexto a ser trabalhado apresenta outputs com informações para auxiliar a escolha dos métodos de pesquisa mais adequados a partir das características de cada projeto.

Speakers
avatar for Priscilla Albuquerque

Priscilla Albuquerque

Business director / UX consultant, Catarinas Design de Interação
avatar for Júlia Ghisi

Júlia Ghisi

UX Designer, Catarinas Design


Thursday November 19, 2015 09:55 - 10:45 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

11:15 -03

Integração de times de tecnologia e de UX - Métodos, processos e evangelismo por uma melhor experiência do usuário
Como meio de entregar soluções cada vez mais relevantes e presentes no dia-a-dia do usuário, o envolvimento de profissionais técnicos como participantes e co-autores de soluções e não apenas como executores tem se mostrado como um diferencial para grandes soluções. Entretanto, o quanto as empresas que tem esse know-how técnico estão preparadas para receber e trabalhar com times de UX Design? A proposta dessa palestra é trazer um pouco do dia-a-dia e necessidades de empresas de desenvolvimento e algumas práticas de processo, gestão de times e evangelismo que podem ser aplicadas para trazer as necessidades do usuário para dentro de empresas de tecnologia e também trazer os profissionais técnicos para um maior envolvimento e comprometimento com as necessidades dos usuários do sistema. Enfim, fazer com que todos se amem e juntos amem o usuário.

Speakers
avatar for Viviane  Delvequio

Viviane Delvequio

UX Specialist, Samsung Eletronics
I'm an UX Designer with development background, graphic design skills and passion for people. I am graduated at Technology Information by Unicamp and post-graduated at Interaction Design by Faber Ludens. I worked at Eldorado Research Institute in Campinas for 9 years, in projects... Read More →


Thursday November 19, 2015 11:15 - 12:05 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

12:10 -03

Buscando os métodos mais eficientes para revelar emoções
Mensagens de comunicação e profissionais voltados para a área buscam sempre conseguir o maior índice possível de sucesso na comunicação de um produto ou marca. Economistas renomados demonstraram que as escolhas de produtos são, em última instância, decisões muito mais emocionais que racionais. Por isso, tornou-se importante descobrir métodos de explorar os estados não verbais do comportamento do consumidor. Este artigo demonstra como a neurociência pode contribuir para o entendimento das reações emocionais dos consumidores diante de uma interface interativa, mais especificamente portais de comércio eletrônico. Também busca identificar as relações causais entre interfaces e emoções, buscando os métodos mais eficientes para revelar qual emoção é gerada por cada elemento em tela,sejam eles: alterações neurofisiológicas, expressões faciais ou foco de atenção do olhar. Neste artigo, procuramos mostrar o valor de integrar diferentes meios de acesso às áreas de maior atividade cerebral a eye-tracking e softwares de reconhecimento de expressões faciais.

Speakers
avatar for Amyris Fernandez

Amyris Fernandez

Owner, Usability Expert Consultores
I have over 30 years of executive experience in marketing and market research, I have focused the past 16 years on digital marketing and communications. I have deep consumer knowledge, understanding market segmentation, product categories consumption and communication by country... Read More →


Thursday November 19, 2015 12:10 - 13:00 -03
Aula 4.4.0 Rondeau 165

12:10 -03

Serviço de Autoatendimento na Localiza. Os bastidores do Design de Interação.
O objetivo é apresentar o processo de concepção (Design Thinking), desenvolvimento (Prototipação) e entrega (Teste de Usabilidade) do serviço de Autoatendimento da Localiza, empresa de aluguel de carros. 

Pela primeira vez a Localiza utiliza metodologias de Design de Interação. Por isso, alguns processos da empresa foram revistos e adaptados para atender os objetivos do projeto. Diretores e Gerentes foram envolvidos e acompanharam constantemente o progresso dos trabalhos. A meta era reduzir o tempo médio de atendimento em 50% e conseguimos prever a redução em 80%, antes da entrega do projeto, através de teste de usabilidade. 

Cada etapa do processo agregou valor. A Pesquisa com Usuários ajudou a decidir que não seria viável atender todo o público. Seria importante segmentar o tipo de cliente para se obter um produto mínimo viável. A Jornada do Cliente ajudou a mapear as ações, as restrições de negócio e a modelar o serviço. A prototipação física e de baixo nível do totem de autoatendimento permitiu que stakeholders experimentassem o serviço ainda na fase de concepção. Prototipações navegáveis das interfaces usando apenas o PowerPoint tornaram-se importantes documentações no projeto. Eram ferramentas importantes para tomadas de decisão entre equipe e stakeholders. Avaliações de Usabilidade forneceram evidências de problemas importantes a serem corrigidos durante o desenvolvimento das interfaces. 

Alguns obstáculos culturais tornaram difícil a realização dos testes de usabilidade. Infelizmente, nem sempre é possível aplicar as metodologias com o rigor acadêmico. Adaptar-se ao cenário é uma necessidade no ambiente corporativo. Entretanto, os feedbacks e resultados dos testes surpreenderam os envolvidos . Uma experiência enriquecedora para projetos posteriores e que promoveu os conceitos de Usabilidade e User Experience na empresa. 

Este projeto foi bem documentado com fotografias e permite uma boa narrativa.

Speakers
avatar for Luiz Fernando Assis Lage

Luiz Fernando Assis Lage

UX Designer, Localiza
Art degree, expert in interaction design and a good experience working in software development teams. I am a tech-geek, amateur photographer, science fiction fan, podcast addicted, rpg player, ... This is becoming too nerd even to me.


Thursday November 19, 2015 12:10 - 13:00 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

15:00 -03

Utilizando técnicas de UX para desenhar um produto de UX - como criamos o TESTR, serviço online de testes de usabilidade remotos automatizados
De uma necessidade profissional à criação de um serviço de testes de usabilidade online, passando pela formação de uma startup; neste artigo vamos contar o processo de criação do TESTR, um serviço online de testes de usabilidade remotos automatizados. O cliente define os critérios para recrutamento dos participantes e monta o roteiro de tarefas. Cada participante faz o teste em seu próprio computador. Como resultado, o cliente recebe em até 5 dias os vídeos dos participantes (incluindo a webcam e navegação na tela) e um dashboard com os resultados. 

Tudo partiu de uma necessidade: procurávamos no Brasil uma ferramenta de testes automatizados, mas não encontramos uma opção com a mesma qualidade e rigor dos testes moderados. Conhecendo a necessidade, o processo e o público-alvo, por que não montar nossa própria ferramenta? 

O primeiro passo foi validar a ideia: outras pessoas também se interessariam? Conversas informais, entrevistas e testes de conceito indicaram que sim, haveria mercado. Daqui surgiram também insights, personas e segmentos de atuação. 

Em um segundo momento, viramos uma startup e dividimos os esforços em duas frentes: negócios e design. Enquanto montávamos o lean canvas, começamos ciclos de testes e prototipação com clientes reais. Ainda sem uma linha de código, prototipamos todo o processo, da criação do roteiro aos resultados. Estes ciclos permitiram ajustar o serviço a cada rodada e confirmar se estávamos - ou não - no caminho certo. Com as descobertas, evoluímos bastante a ideia inicial: mudamos o nome, ajustamos o preço, quebramos os vídeos em tarefas, automatizamos a tabulação de sucesso e fracasso e incluímos uma etapa de consultoria de um especialista. No último teste não mudamos quase nada; sinal de que já tínhamos um bom MVP. 

No momento (junho de 2015) o TESTR está em fase final de desenvolvimento e testes. A previsão de lançamento no Brasil é para agosto de 2015, um ano após o surgimento da ideia de negócio.


Thursday November 19, 2015 15:00 - 15:20 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

15:30 -03

Escalando o time de UX design em uma startup
O propósito deste case profissional é detalhar a experiência e os desafios de escalar um time de UX design em uma startup. A UX (Experiência do Usuário) abrange várias disciplinas, tais como: pesquisa, design, desenvolvimento e até o suporte ao cliente. É comum em uma startup em crescimento ter designers com um perfil generalista para atuar em todas estas frentes: ele faz desde pesquisas com o usuário até o front-end de uma funcionalidade. Por um lado, isso garante rapidez nas entregas; por outro, pode render inconsistências visuais e técnicas quando o time começa a crescer, comprometendo a entrega de uma ótima experiência ao usuário.

Speakers
avatar for Lívia Amorim

Lívia Amorim

UI Developer, Resultados Digitais
avatar for Simone Beltrame

Simone Beltrame

Designer, Resultados Digitais


Thursday November 19, 2015 15:30 - 15:50 -03
Aula 4.6 Rondeau 165

15:55 -03

Agenciamento narrativo e experiência do usuário em narrativas transmídia: o caso da telenovela brasileira
This short paper proposes a reflection about the transmedia strategies in brazilian telenovelas, more specifically on how is the user experience in this kind of narratives. The user experience design in these narratives in multiple platforms is key to this new paradigm of entertainment media, once the main objective of transmedia storytelling is to create engagement and immersion of the user in the narratives.


Thursday November 19, 2015 15:55 - 16:15 -03
Aula 6.6 Rondeau 165

15:55 -03

Service Design para Rico Investimentos: Usando processos de design para projetar novos serviços financeiros
Este artigo tem o objetivo de relatar o processo do projeto de consultoria em design de serviços para a corretora Rico Investimentos.

A consultoria foi iniciada com o intuito de criar novos formatos de serviços financeiros ao potencial investidor com pouco conhecimento em produtos financeiros. Usando a abordagem de Service Design Thinking, foi possível identificar perfis de investidores e criar uma estratégia específica para a maioria dos clientes, que eram responsáveis por pequena parte das transações e, consequentemente, dos lucros. 

Começamos com a fase de descobertas, onde visitamos 20 clientes em 3 diferentes cidades do Brasil, selecionadas por questões estratégicas de mercado da empresa. Enquanto, em paralelo, um questionário era respondido por 3000 cadastrados, cerca de 10% da base de clientes. 

Os workshops de cocriação vieram na sequência, nos quais levamos os resultados de pesquisa para um grupo de colaboradores da Rico Investimentos. Os colaboradores foram incentivados a criar serviços de investimento a partir de user boards e de user journeys - ferramentas de Service Design.

As sessões seguiram mais algumas rodadas, onde problemas e direcionamentos de interesse da corretora eram dados pelos colaboradores e o projeto dos novos serviços eram evoluídos por toda a equipe.

Após a etapa de cocriação, demos início à construção dos protótipos, onde alguns canais digitais responsáveis pelos pontos de contato foram selecionados e desenhados de forma colaborativa. Entre eles: a área interna do cliente e o ambiente de e-learning.

O resultado foi o desenho de serviços e novas experiências para o investidor, posicionando a marca e seus serviços como substitutos dos tradicionais bancos. O trabalho continua em andamento, de forma iterativa, e ainda com muitas possibilidades de serviço que foram identificadas e serão implementadas. 

Ainda que mantendo em sigilo informações estratégicas de propriedade do cliente, nos propomos, neste trabalho, a apresentar todas as etapas do processo de design e suas descobertas.

Speakers
avatar for Karla Cruz

Karla Cruz

Strategic Designer, Welab Design and Innovation
CL

Cristiano Leoz

Business Designer, Welab Design and Innovation


Thursday November 19, 2015 15:55 - 16:45 -03
Aula 6.4 Rondeau 165
 
Friday, November 20
 

09:00 -03

Steven K. Feiner Keynote
Speakers
avatar for Steven K. Feiner

Steven K. Feiner

Steven K. Feiner (PhD, Brown) is Professor of Computer Science at Columbia University, where he directs the Computer Graphics and User Interfaces Lab. Is coauthor of Computer Graphics: Principles and Practice and of Introduction to Computer Graphics (Addison-Wesley), received an ONR Young Investigator A... Read More →


Friday November 20, 2015 09:00 - 10:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

10:00 -03

Scott Berkun Keynote
Speakers
avatar for Scott Berkun

Scott Berkun

Author, Self
Scott Berkun is a bestselling author and popular speaker on creativity, philosophy, culture, business and many other subjects. He’s the author of six books, including The Myths of Innovation, Confessions of a Public Speaker, The Year Without Pants. His work has appeared, or been mentioned, in The New York Times, The Washington Post, Forbes, The Wall Street Journal, The Economist, The Guardian, Wired magazine, Forbes, USA Today, Wir... Read More →


Friday November 20, 2015 10:00 - 11:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

11:30 -03

Juan Pablo Hourcade Keynote
Speakers
avatar for JUAN PABLO HOURCADE

JUAN PABLO HOURCADE

Associate Professor, University of Iowa
Juan Pablo Hourcade is an Associate Professor at the University of Iowa's Department of Computer Science, UI3 Associate Director for Informatics Education, and a member of the Delta Center. His main area of research is Human-Computer Interaction, with a focus on the design, implementation and evalu... Read More →


Friday November 20, 2015 11:30 - 12:30 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

14:00 -03

Celeste Olivieri Keynote
Speakers
avatar for Celeste Olivieri

Celeste Olivieri

Head of UX Design @ MURAL, MURAL
Celeste Olivieri es Head of UX Design en MURAL, un startup que busca ayudar a equipos multidisciplinarios a colaborar en sus tareas creativas a lo largo del proceso de diseño. Apasionada por maximizar el poder del diseño en los equipos que integra, su perfil profesional está marcado por la búsqueda casi obsesiva por comprender la natur... Read More →


Friday November 20, 2015 14:00 - 15:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

15:00 -03

Stephen P. Anderson Keynote
Speakers
avatar for Stephen Anderson

Stephen Anderson

Chief Experience Officer, BloomBoard
Stephen P. Anderson is an internationally recognized speaker and consultant based out of Dallas, Texas. He created the Mental Notes card deck, a tool that's widely used by product teams to apply psychology to interaction design. He’s also of the author of the book Seductive... Read More →


Friday November 20, 2015 15:00 - 16:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

16:30 -03

Whitney Hess Keynote
Speakers

Friday November 20, 2015 16:30 - 17:30 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

17:30 -03

Russ Unger Keynote
Speakers

Friday November 20, 2015 17:30 - 18:30 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales
 
Saturday, November 21
 

09:00 -03

Abby Covert Keynote
Speakers
avatar for Abby Covert

Abby Covert

Information Architect, Abby the IA
Abby Covert is an independent information architect. She specializes in delivering a collaborative information architecture process and teaching those that she works with along the way. She speaks and writes under the pseudonym Abby the IA, focusing on sharing information architecture... Read More →


Saturday November 21, 2015 09:00 - 10:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

10:00 -03

Guillermo Ermel Keynote
Speakers
avatar for Guillermo Ermel

Guillermo Ermel

User Research Technical Leader, MercadoLibre
Guillermo Ermel is User Research Technical Leader at MercadoLibre.com, Latin America's leading e-commerce marketplace. With more than 10 years of experience on the user research field and 20 in interaction design, he has vast experience creatively combining user research methods... Read More →


Saturday November 21, 2015 10:00 - 11:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

11:30 -03

Christian Rohrer Keynote
Speakers
avatar for Christian Rohrer

Christian Rohrer

Chief Design Officer, Intel Security
Christian Rohrer is Vice President and Chief Design Officer at Intel Security (formerly McAfee, Inc.) In this role, he is responsible for user-centered design efforts across all projects from ideation through delivery and beyond. As a veteran of user experience design and research, he has served... Read More →


Saturday November 21, 2015 11:30 - 12:30 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

14:00 -03

Jason Severs Keynote
Speakers
avatar for Jason Severs

Jason Severs

Executive Creative Director, frog
Jason Severs is an Executive Creative Director at Frog and a leader in the company’s design research practice. He is responsible for promoting a holistic perspective through translating the needs of users and business into meaningful design. Before joining frog, Jason worked with Bruce Mau Design on Massive Change, a project that ai... Read More →


Saturday November 21, 2015 14:00 - 15:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

15:00 -03

Cindy Chastain Keynote
Speakers
avatar for Cindy Chastain

Cindy Chastain

Cindy is SVP, CX & Design, where she is focused on bringing the lens of customer experience, innovation and design to help differentiate the brand through connected product & marketing experiences. Before joining MasterCard, Cindy was both an experience strategist and Executive Creative... Read More →


Saturday November 21, 2015 15:00 - 16:00 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

16:30 -03

Jesse James Garrett Keynote
Speakers
avatar for Jesse James Garrett

Jesse James Garrett

Jesse James Garrett is co-founder and Chief Creative Officer of Adaptive Path, a user experience design consultancy. His contributions to the field of user experience include creating the seminal "Elements of User Experience" model; developing the Visual Vocabulary, a notation system for documenting user experience design; and defining Ajax, an approach to creating dynamic Web applications. Jesse has received Wired Magazine's Rave Award for Technology and was named one of the "50 Most Important People on the Web" by PC World... Read More →


Saturday November 21, 2015 16:30 - 17:30 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales

17:30 -03

Closing ceremony
Saturday November 21, 2015 17:30 - 18:30 -03
Anfiteatro Ciudad de las Artes Avenida Richieri y Concepción Arenales
 


Twitter Feed